Notícias

Presidente da ADEPOL-PR critica a postura de governador Ratinho que, mais uma vez, deixou de receber os servidores para discutir a data-base.

17 de Junho de 2019

O presidente da ADEPOL-PR, Dr. Daniel Fagundes, fez duras críticas a postura do governador Ratinho, na última sexta-feira, dia 14, durante o ato dos servidores públicos estaduais em defesa do pagamento da data-base. Dr. Daniel, que foi um dos representantes da classe dos Delegados de Polícia, ao lado do presidente do SIDEPOL, Dr. Claudio Marques Rolin e Silva, na reunião com o governo, classificou a ausência de Ratinho como desrespeitosa. “Foi eleito para deliberar, para decidir as questões do Estado e não para mandar representantes sem poder de decisão para discutir um assunto tão sensível como esse. Foi uma reunião trágica, onde fomos recebidos pelo Chefe de Gabinete do governador. Nada contra a pessoa do Chefe de Gabinete, mas quem foi eleito foi ele (Ratinho), no mínimo uma grande falta de respeito desse governo”, disse Dr. Daniel.