Em Brasília, ADEPOL-PR participa de reunião no Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil e leva a mesa discussões importantes para a classe

out01

Categoria: Notícias

Em Brasília, ADEPOL-PR participa de reunião no Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil e leva a mesa discussões importantes para a classe

A ADEPOL-PR participou, na última quinta-feira, dia 27 de setembro, de uma importante reunião ocorrida em Brasília, Capital Federal, com membros das entidades de classe contou das entidades de classe estaduais que representam a carreira dos Delegados de Polícia em todo Brasil. O encontro, promovido pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, órgão recém criado dentro da estrutura do Ministério da Segurança Pública, teve como objetivo aproximar as entidades e discutir pautas importantes à a classe.

De acordo com o Diretor Secretário da ADEPOL-PR, Dr. Pedro Filipe C.C Andrade, enviado como representante do presidente da entidade, Dr. Daniel Fagundes e toda a diretoria, entre os temas de discussão estavam: a necessidade de um trabalho conjunto entre as entidades representativas e as chefias de polícia para a aprovação da Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil, e para implementação do processo de padronização nacional iniciado pela resolução RESOLUÇÃO Nº 02/2018 – CONCPC, segundo o Dr. Emerson Wendt essas tem sido as duas prioridades de sua gestão. “A ADEPOL-PR levou para a mesa de discussões sua contribuição e pediu, entre outras coisas, que se redobrem os esforços parta unificação de uma pauta classista envolvendo todos os delegados de polícia do país, facilitando a aprovação da lei orgânica nacional, padronizando a polícia civil, uma pauta que há anos se arrasta em Brasília em não ainda não foi aprovada.

O presidente da ADEPOL-PR, Dr. Daniel Fagundes, que por compromissos de agenda oficial da ADEPOL-PR não conseguiu viajar a Brasília, disse que o movimento que se estabelece em Brasília, com a criação do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil, abriu-se uma agenda mais fortalecida e favorável aos anseios da classe. “É muito importante essa aproximação, o distanciamento das chefias de polícia em relação às demandas classistas sempre foi objeto de críticas das entidades representativas, agora temos notado um esforço muito grande do Dr. Emerson Wendt, presidente do Conselho, para realizar essa integração que tem tudo para trazer frutos para a Polícia Judiciária do Brasil como um todo”, disse o presidente.

Conferencista

Durante o encontro, foi anunciada e confirmada a participação do Dr. Emerson Wendt como um dos conferencistas confirmados no I Congresso Jurídico da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Judiciária – ADPJ, que acontecerá na cidade de Touros-RN, entre os dias 29 de novembro e 02 de dezembro deste ano. O tema do Congresso será Reforma do Sistema de Segurança Pública e de Justiça Criminal e o papel das Polícias Judiciárias.

 

Compartilhe :

Notícia Anterior

Jantar próxima quarta-feira - 03.10.2018

Próxima Notícia

VALIDAÇÃO DO SISTEMA ELETRÔNICO DE VOTAÇÃO DE LISTA TRÍPLICE PARA INDICAÇÃO DE DELEGADO-GERAL