ADEPOL-PR em parceria com o SIDEPOL-PR realiza a primeira eleição para Lista Tríplice de Delegado Geral da Polícia Civil do Paraná

set13

Categoria: Notícias

ADEPOL-PR em parceria com o SIDEPOL-PR realiza a primeira eleição para Lista Tríplice de Delegado Geral da Polícia Civil do Paraná

Acontece no dia 3 de outubro de 2018, das 9h às 17h, a primeira eleição para composição da Lista Tríplice para indicação do Delegado Geral da Polícia Civil do Estado do Paraná. A eleição ocorrerá por meio eletrônico, via site desenvolvido especialmente para votação, e contará com a participação de todos os Delegados de Polícia Civil do Estado.  A eleição é realizada conjuntamente entre a ADEPOL-PR e o SIDEPOL-PR. “É um processo importante, onde as duas entidades se unem  pelo fortalecimento das prerrogativas da classe”, disse o presidente do SIDEPOL-PR, Dr. Claudio Marques Rolim e Silva.

Nesta terça-feira teve início o processo eleitoral com a publicação do edital                 CLIQUE para acessar o Edital de Convocação                                e em anexo a ele a lista provisória com todos os nomes dos Delegados de Primeira Classe em atividade na Polícia Civil do Paraná. De acordo com o presidente da ADEPOL-PR, Dr. Daniel Fagundes, a lista final será homologada no dia 18 de setembro, após aprovação dos nomes mediante critérios estabelecidos para validação da candidatura. “Além de obrigatoriamente ser Delta de Primeira Classe,  só poderão participar do pleito Delegados que estejam em atividade na data de publicação do edital e não respondam ou tenham respondido a sindicâncias, processos administrativos e/ou criminais nos últimos cinco anos até a data da publicação do edital no site das entidades, salvo em caso de absolvição”, explicou o presidente. Ainda de acordo com o presidente, eventuais nomes que não atendam os critérios estabelecidos em edital estarão sujeitos a impugnação.

Desistências
O edital prevê ainda que os Delegados  que não desejem participar da eleição possam solicitar a retirada do nome da lista provisória num prazo legal de cinco dias úteis a partir da data de publicação do edital. Para tanto, o interessado em não participar deverá se manifestar por memorando formal, entregue na sede da ADEPOL-PR, na rua Padre Agostinho, número 850, Mercês, na capital do estado, ou por meio eletrônico enviando a solicitação de retirada para o e-mail institucional da ADEPOL-PR adepol@terra.com.br. O prazo final para a entrega dos memorandos de retirada do nome é dia 18 de setembro, às 17h.

Eleitores
Todos os Delegados do estado poderão votar para a composição da Lista Tríplice, indiferente a estarem ou não filiados a ADEPOL-PR ou ao SIDEPOL-PR. “É um momento importante para toda a classe, a Lista Tríplice de Delegado Geral é uma escolha nossa, de todos nós Delegados de Polícia Civil”, reforçou o presidente da ADEPOL-PR, Dr. Daniel Fagundes.

Votação
Para esta inédita e importante ação, um sistema de votação eletrônica está sendo desenvolvido. Seguro e com modelos já testados em eleições de listas tríplices de outras entidades ligadas ao poder judiciário, o sistema funcionará a partir de um cadastro geral dos Delegados do estado, gerando senhas pessoais e intransferíveis e links que conduzem a uma área restrita de votação. “É um sistema bastante seguro, intuitivo, rápido, eficiente e eficaz de votação”, explicou a Diretora de Comunicação da ADEPOL-PR, Dra. Livia Pini.
A diretora explica ainda que todos os Delegados receberão, por e-mail, no dia da votação, as senhas e acessos necessários para a votação. “Além disso, ao longo deste mês, a comunicação da ADEPOL-PR, estará demandando uma série de materiais informativos, além de matérias e entrevistas junto a grande imprensa da capital e do interior, para esclarecer e promover tanto a eleição quanto o processo eleitoral para os Delegados”, concluiu.

Escolha do próximo governo
O presidente da ADEPOL-PR, Dr. Daniel Fagundes, explicou que a composição da Lista Tríplice é um avanço na conquista de prerrogativas dos Delegados de Polícia do estado do Paraná. “O próximo governador, ou governadora, assumirá o governo tendo em mãos um documento de todos os Delegados do estado do Paraná dizendo quem são aqueles três nomes que melhor representam a todos. A escolha é nossa, de todos nós”, finalizou.     

 

 

 

 

 

Compartilhe :

Notícia Anterior

Ação que pede na justiça a condenação do Estado para que o Delegado de Polícia reste desobrigado de transportar e escoltar presos tem novos movimentos

Próxima Notícia

ADEPOL em Londrina - 19.09.2018 (quarta-feira)